Estágio Pós-Doutoral

 

Rodrigo José da Costa 

 

Resumo do Projeto de Pesquisa: O projeto de pesquisa tematiza a história do movimento sindical em Alagoas ao longo da segunda metade do século XX, identificando as principais conjunturas, rupturas e continuidades ocorridas ao longo desse período. Ao mesmo tempo, pretende caracterizar os principais sujeitos coletivos (sindicatos, centrais, associações, etc.) e lideranças que estiveram envolvidos nessa história, abordando também a problemática dos Movimentos Sociais a partir de bases teóricas e ao mesmo tempo discutindo seus fundamentos históricos.

Tutor: Osvaldo Batista Acioly Maciel

Período do Estágio: Agosto de 2018 a julho de 2023

Latteshttp://lattes.cnpq.br/0359304098359419

Email: rodrigojosedacosta@gmail.com

 

Ana Carolina da Silva Borges

Tutora: Flávia Maria de Carvalho

Resumo do Projeto de Pesquisa: O presente artigo objetiva colaborar e endossar a discussão historiográfica relativa ao mundo do trabalho condizente ao período colonial que vai de 1880 à 1920, na chamada “Guiné portuguesa”. Adentrar na discussão sobre o trabalho forçado, nas quais os africanos foram submetidos é colocar em pauta a necessidade de denunciar e afirmar políticas de não repetição e de reparação histórica, é, sobretudo, identificar e reconhecer violências estruturais e racializadas cometidas em políticas colonialistas. Para tanto, a narrativa histórica aqui montada se amparou em um processo crime, que denunciava supostas “irregularidades” de uma moradora chamada Maria do Rozario e que na época (1917 e 1918) habitava a Guiné portuguesa. Entrecruzando esta investigação com outras tipologias documentais (Regulamentos, Ofícios, Decretos, Processo crime, Guias de Marchas Indígenas), e do mesmo modo, dialogando com outros estudos que problematizam a emergência do trabalho forçado, foi admitido tecer um manto temporal atravessado pelas políticas de dominação lusa, colocando em questão as classificações sociais como “indígenas”, “assimilados”, “cidadãos” e “vadios”, além de refletir sobre os “contratos” e questionar as práticas punitivas que passaram a ser institucionalizadas. Prezando por delimitar análise de cunho qualitativo, este texto não pretende encerrar a temática tratada e sim, abri-la para ampliar e complexificar o assunto. 

Período do Estágio: junho de 2016 a junho de 2018

Latteshttp://lattes.cnpq.br/537638677909509237

Email: anaborgeshis@gmail.com

 

Daniel Barbosa dos Santos

Tutora: Raquel de Fátima Parmegiani

Resumo do Projeto de Pesquisa: Pretende-se, em diálogo com a Historiografia que aborda o tema da Leitura e da escrita, trazer debates e reflexões sobre a relação que determinadas sociedades desenvolveram com essas práticas culturais e como elas se entrelaçam com as estruturas de poder. Tratar-se-á de questões como: os lugares de produção da cultura escrita; a forma como determinadas culturas se relacionam com essas práticas; os percursos de leitores/as em áreas culturais distintas e em múltiplas temporalidades; a relação entre a escrita e seus suportes; a práticas cotidianas de ler e os diferentes modos de apropriação da leitura; Leitura, escrita e Instituições: mosteiros, Bibliotecas, Escolas, Livrarias, órgãos burocráticos; leituras de civilidades: manuais escolares e leituras de formação. Sujeitos leitores: memórias de leitura; escrita e autoria.

Período do Estágio: dezembro de 2013 a maio de 2016

Lattes: http://lattes.cnpq.br/5785871173214537

Email: danielbarbo@yahoo.com.br